Declaração de Imposto Territorial Rural (DITR)

Declaração de ITR

A declaração do imposto sobre a propriedade territorial rural (DITR) é uma obrigação anual para todos os proprietários de imóveis rurais que não estejam isentos do ITR. O período regular para fazer a declaração do ITR costuma ser nos meses de agosto e setembro de cada ano. Evite multas e aborrecimentos e faça sua declaração do ITR em dia. Estamos aqui para te ajudar o ano todo.

O que está incluído no serviço de declaração do ITR:

  • Entrega da DITR completa (recibo + declaração)
  • Envio do DARF cota única

O que NÃO está incluído no serviço de declaração do ITR:

  • Livro-caixa
  • Envio mensal de DARF (no caso de parcelamento do ITR)
  • Atendimento de Pessoas Jurídicas

Prazo para conclusão da declaração do ITR:

1 dia após o envio da documentação necessária. Ver Termos e Condições.

Informações sobre a DITR

Após a transmissão da declaração do ITR, enviaremos todos os comprovantes para o email cadastrado pelo cliente. Caso haja imposto a pagar, siga rigorosamente todas as orientações contidas na comunicação.

ATENÇÃO: o preenchimento da declaração do ITR fora do prazo gera multa! Não deixe para a última hora. Envie sua documentação com antecedência e evite pagar multas e juros.

Ainda tem dúvidas? Leia a seção de Perguntas & Respostas ou fale conosco. Será um prazer te atender!

Perguntas e Respostas

Quem está obrigado a fazer a declaração de ITR?

Com exceção dos imóveis rurais imunes ou isentos, devem declarar o ITR as seguintes pessoas:

  • Pessoa física ou jurídica, proprietária, titular do domínio útil ou possuidora a qualquer título, inclusive a usufrutuária de imóvel rural;
  • Um dos condôminos, quando o imóvel rural pertencer simultaneamente a mais de um contribuinte;
  • Um dos compossuidores, quando mais de uma pessoa for possuidora do imóvel rural;
  • A pessoa que perdeu a posse do imóvel rural desapropriado entre 1º de janeiro e a data efetiva da entrega da declaração do ITR;
  • A pessoa que recebeu o imóvel rural desapropriado, desde que tenha ocorrido no período de 1º de janeiro a 30 de setembro;
  • Em caso de imóvel rural pertencente a espólio, o inventariante enquanto não finalizada a partilha, ou, se esse não tiver sido nomeado, o cônjuge meeiro, o companheiro ou o sucessor a qualquer título.
Qual a documentação necessária para declarar o ITR?

Escritura pública ou documento de posse, Ato Declaratório Ambiental (ADA) e Cadastro Ambiental Rural (CAR) e CPF de todos os condôminos.

Posso parcelar o ITR?

Sim. É possível dividir o ITR em até 4 cotas mensais, desde que o valor de cada cota não seja inferior a R$ 50,00 (cinquenta reais). Porém, lembre-se que após a data de 30/09, os pagamentos do ITR sofrem acréscimo de juros equivalentes à taxa referencial do Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic), mais 1% ao mês. Para mais parcelas, consulte o serviço de parcelamento de débitos.

Imagem de Mathias Beckmann no Pixabay

Custo: A partir de R$ 50,00
Prazo: 1 dia
Formato: PDF

Sobre o Guia da Receita Federal

Guia da Receita Federal é um site NÃO OFICIAL com dicas e tutoriais sobre os serviços disponibilizados pela Receita Federal do Brasil. Dessa forma, as opiniões e informações expostas neste site NÃO representam o posicionamento oficial daquela instituição.